Como incentivar as crianças a brincarem mais ao ar livre?

Hoje em dia, administrar a vida profissional com a vida familiar não é uma tarefa fácil. Principalmente quando se tem filhos, isso torna uma tarefa que fará parte da rotina dos pais, podendo jamais esquecer de fazer as vontades dos pequenos. É dever dos pais acompanhar o desempenho escolar e participar das atividades, como, por exemplo: brincar ao ar livre, jogar futebol, pega-pega, entre outras brincadeiras de pais e filhos.

Brincadeiras ao ar livre são extremamente benéficas para as crianças e são importantes para o desenvolvimento infantojuvenil. Por conta disso, neste artigo vamos sugerir algumas brincadeiras para que você e os filhos se divertirem. Além do assunto abordado, indicamos que você faça um Curso Online que envolva aprender sobre as melhores brincadeiras dos jogos.

Então, pegue caneta e papel, e anote tudo que vamos lhe passar.

Vamos lá?

É muito importante brincar ao ar livre

Sair com as crianças para espaços abertos é uma prática que busca possibilitar interagir que eles tenham mais intimidade com seus familiares e com o mundo a sua volta.

Com a presença dos pais ou de parentes, o lazer em um parque, praça, na praia ou no campo será essencial para que os meninos e meninas se sintam cada vez mais motivados a desenvolver a sua criatividade e o seu relacionamento com o mundo exterior, aumentando assim o seu afeto e cumplicidade.

Nesses lugares, será possível brincar com crianças da mesma idade, e você também deve brincar. Se você não conhece muitas brincadeiras, você pode fazer um Curso Online e aprender diversas brincadeiras e jogos para participar com os seus filhos.

Você sabe como brincar ao ar livre em uma cidade grande?

Quando falamos de natureza isso não vai significar que a família precisa sair da cidade para um campo somente para que as crianças possam aproveitar. Existem vários passeios a parques e áreas verdes, mesmo dentro de grandes centros urbanos.

Uma grande saída de escape é fazer um piquenique em um parque ecológico. Existem muitos parques em centros de preservação, locais extremamente interessantes para visitar.

Brincar no quintal, em área dos prédios ou até na rua, sempre com a supervisão de um adulto, também é uma excelente maneira para o dia a dia da criança. Sempre quando você tiver a oportunidade, incentive que o seu filho experimente pisar em uma grama, terra ou até areia. Sabemos que no começo, as crianças podem achar estranho a sensação, porém é fundamental que ela perceba sobre a diferença do toque em diferentes superfícies.

Os benefícios de brincar ao ar livre

Estimula todos os sentidos dos pequenos

Brincar na natureza vai estimular a criatividade das crianças. Os brinquedos foram criados e reinventados a partir dos recursos que foram encontrados durante a brincadeira, como, por exemplo, o galho da árvore vira uma espada, a folha vira um barquinho.

Pesquisas demonstram que as crianças que estudam em áreas verdes brincam de forma mais criativa e cooperativa.

Deixa a criança mais ativa e exploradora

Estudos nos EUA mostraram que, em escolas que oferecem um aprendizado fora da sala de aula, existe uma grande melhora no aproveitamento dos alunos em diferentes áreas do conhecimento.

Aumenta os vínculos sociais

As crianças que brincam ao ar livre com grande regularidade são mais capazes de conviver com os outros, construindo uma relação cada vez mais saudáveis e mais felizes.

Brincadeiras para fazer com as crianças

1. Pular elástico

Você deverá usar dois metros de elástico e prenda as duas pontas. Duas pessoas devem segurar o elástico com as pernas e uma terceira deverá pular.

O modo mais simples de pular é o seguinte: primeiramente, você deve pular colocando os 2 pés na parte de dentro do elástico; em seguida, pular para cima e pisa com cada pé em um dos lados do elástico; depois, pular e fica com os pés para fora, cada um de um lado da tira elástica. E, vira a posição e pula para fora, voltando assim para o lugar de onde você começou.

2. Caça ao tesouro

A caça ao tesouro será um jogo que você terá o objetivo de encontrar objetos da natureza, que poderão ser folhas, gravetos, flores, sementes, entre outros. Se você deseja que fique ainda mais divertido e competitivo, pode-se definir que quem achar a menor semente, a maior folha, a pedra mais redonda será o vencedor.

3. Corrida de avião

Você pode criar aviões de papel na quantidade dos participantes. Marcando eles no chão com um giz ou com uma caneta e, deverá marcar o chão com uma fita crepe uma linha reta com a seguinte pontuação: 5; 15; 25; e 50.

Dê sempre um espaço entre os números de modo que o 5 seja a pontuação do avião que voou menos e 50 o do que voou mais.

As crianças irão lançar os seus aviões de uma distância marcada no chão.

Como equilibrar as atividades?

Como você sabe, as tecnologias fazem parte da vida de todos. Então, não existem como excluir a tecnologia na vida de seus filhos. Elas irão contribuir para o desenvolvimento da memória, da percepção, da aprendizagem e da imaginação.

Porém, por conta da tecnologia, as crianças estão brincando cada vez menos fora de casa. Portanto, será preciso conciliar as duas atividades para que se tenha um grande desenvolvimento equilibrado dos pequenos.

Hoje em dia existem jogos virtuais como o Just Dance, o Virtua Tennis, o Nike+Kinect Training e o Guitar Hero, entre outros jogos, que exigem a movimentação do jogador.

Podemos definir que é a mistura entre o online e o offline, que vai incentivar o raciocínio e a queima de energia dos pequenos quando não for possível brincar ao ar livre, por motivos de chuvas ou tempo feio.

Depois de ler sobre como incentivar as crianças a brincarem mais ao ar livre, você ficou com alguma dúvida?

Se você gostou do que leu, comente aqui embaixo sobre essas dicas e mande os resultados logo a seguir. E se quiser compartilhe essas dicas com os seus amigos e amigas.

Grande abraço e até o próximo post!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Certificado Cursos Online, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre cursos, educação e diversos segmentos.

Como incentivar as crianças a brincarem mais ao ar livre