4 dicas básicas sobre nutrição após cirurgia bariátrica

O número de pessoas procurando por cirurgia bariátrica aumentou de forma significativa nos últimos anos, sendo que entre 2011 e 2018 ela cresceu 84,7%, de acordo com dados obtidos pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM). 

Pode-se dizer que a cirurgia bariátrica é a solução mais eficaz para a perda de peso corporal em casos de obesidade mórbida. Podemos encontrar diversos tipos de cirurgia bariátrica disponíveis, assim como;

  • Banda gástrica: cirurgia menos invasiva, esse procedimento consiste na colocação de uma banda em forma de anel em volta do estômago. O objetivo é fazer com que ele diminua de tamanho, para que assim seja possível ingerir uma quantidade menor de alimentos e calorias;
  • By-pass Gástrico: tipo de cirurgia invasiva no qual o médico retira uma parte do estômago, para que depois seja feita a ligação do intestino com a porção restante do estômago. O intuito é diminuir o espaço disponível para retenção da comida;
  • Gastrectomia vertical: conhecida também como cirurgia de sleeve, esse procedimento mantém a ligação natural do estômago com o intestino, porém ele remove apenas uma parte do estômago para torná-lo menor que o normal;
  • Derivação biliopancreática: nesse procedimento é retirada uma parte do estômago e a maior parte do intestino delgado, principal responsável pela absorção dos nutrientes. O objetivo é fazer com que uma grande parte dos alimentos não sejam absorvidos, a fim de reduzir a quantidade de calorias ingeridas.  

Contudo, mulheres e homens que buscam por esse tipo de alternativa para recuperar a sua autoestima, bem-estar e sua saúde possuem diversas dúvidas com se trata de pós-operatório, uma vez que essa cirurgia requer cuidados especiais sobretudo em relação a alimentação e nutrição durante esse período. 

4 dicas sobre alimentação/nutrição pós bariátrica 

A seguir, algumas dicas sobre nutrição que devem ser levadas em consideração após a realização da cirurgia bariátrica. 

Obedeça às fases nutricionais

O período inicial pós cirurgia bariátrica é separado em cinco fases nutricionais. Elas são estabelecidas pelo médico, e dizem respeito a dieta que deverá ser seguida durante essa etapa de recuperação. 

  1. Dieta líquida: o objetivo nessa fase é manter o paciente hidratado e facilitar a adaptação do trato digestivo, sendo que deverá ser ingerido apenas sucos coados, chás, água de coco, caldos coados;
  2. Dieta líquida cremosa: na segunda fase já começa a ser inserido alimentos mais cremosos, assim como leites, iogurtes, gelatinas e sopas batidas;
  3. Dieta pastosa: fase em que o paciente retorna à mastigação de alimentos sólidos, como purês, legumes amassados, caldo de feijão, carnes desfiadas e ovo mole;
  4. Dieta branda: última fase da readaptação do trato digestivo, nesse período é preciso um cozimento maior dos alimentos para facilitar a mastigação. É recomendado o consumo de legumes, arroz, sopas, carnes magras, frutas sem casca e bagaços;
  5. Dieta normal: essa é a fase em que o paciente retoma a sua alimentação normal do dia a dia. Nesse período, o ideal é ingerir diariamente até 200 gramas de proteínas por dia. 

Uso de suplementos vitamínicos

Devido as alterações feitas por meio da cirurgia bariátrica, o processo de absorção dos nutrientes é afetado. Sendo assim, será exigido pelo médico a utilização de suplementos vitamínicos que ajudem a complementar a ingestão nutricional diária adequada para o organismo. 

Geralmente as principais vitaminas que deverão ser repostas são: B12, ferro, zinco, cálcio e vitamina D. Contudo, vale ressaltar que o uso desses suplementos vai depender das orientações prescritas pelo médico responsável.  

Inclusão das proteínas 

Após o momento que a dieta do paciente volta ao normal, incluir as proteínas no cardápio é fundamental para a manutenção da massa magra no organismo, uma vez que ela é responsável pela formação dos tecidos corporais, enzimas e hormônios. 

O recomendado é ingerir alimentos como ovos, carnes, leites e derivados de soja, feijão e grão-de-bico. 

Fique atento a quantidade de alimentos ingeridos

Um ponto bastante importante e que deve ser pensado pelo paciente é a quantidade e a forma que eles estão sendo consumidos. O mais indicado é manter o equilíbrio para que assim seja possível preservar o resultado já alcançado. 

Principais alimentos que devem ser evitados

Após a realização da cirurgia bariátrica é preciso evitar certos alimentos pelo menos nos 3 primeiros meses, sendo os principais:

  • Café, chá mate e chá verde;
  • Pimenta e condimentos;
  • Sucos em pó e refrigerantes;
  • Guloseimas (balas, chicletes, chocolates e doces em geral);
  • Frituras;
  • Bebidas alcoólicas. 

Seguindo todas as instruções dadas pelo médico, com certeza o resultado será muito mais rápido e eficaz. 

dicas básicas sobre nutrição após cirurgia bariátrica